preloder
facebook instagram linkedin

NOTÍCIAS

07/11/2019

Saiba mais sobre a importância da odontologia hospitalar.

A odontologia hospitalar tem o intuito de evitar que a condição bucal do paciente hospitalizado altere a evolução e resposta ao tratamento médico recebido.
“Os conhecimentos de um cirurgião dentista em ambiente hospitalar podem agregar muito na condução do tratamento”, explica a Dra. Priscila Oshiro, cirurgiã bucomaxilofacial do Hospital Albert Sabin (HAS).

Entre os cuidados oferecidos por esse profissional estão:
Controle de infecções;
Atendimento com maior segurança para pacientes de risco;
Solicitação e interpretação de exames específicos;
Atendimento ao paciente que apresenta impossibilidade de frequentar o consultório odontológico;
Acompanhamento clínico e específico;
Relacionamento integral e direto entre as equipes envolvidas, com o paciente, seus familiares e com a instituição.

Existem também os tratamentos que, pela condição do paciente, devem ser realizados somente em hospitais. Indivíduos cardiopatas graves, oncológicos, imunodeprimidos, diabéticos não compensados, idosos, entre outros, compõe esse grupo. “Nesses casos, havendo a necessidade eventual de agilidade, a resposta é imediata”, diz a Dra. Oshiro.
Já no caso dos pacientes internados, principalmente em UTIs, a presença de um cirurgião dentista ajuda a minimizar a ocorrência de infecção cruzada, evitando o aumento e proliferação de fungos e bactérias.
“No mais, a odontologia hospitalar é de suma importância, pois, uma simples orientação do dentista pode salvar uma vida, minimizar o sofrimento do paciente e diminuir o tempo de internação”, conclui a Dra. Priscila.

Fonte: MCAtrês