preloder
facebook instagram linkedin youtube

NOTÍCIAS

14/04/2022

Urologia, uma especialidade também voltada às mulheres.

O urologista é um médico cirurgião especialista dos aparelhos urinários masculino e feminino, além do aparelho reprodutor masculino. Portanto trata de todas as faixas etárias e ambos os sexos. As mulheres são mais atingidas por problemas urológicos como infecção e incontinência urinária, além de cálculo renal, sangramento na urina e outras doenças do aparelho urinário. “Portanto, a visita regular ao urologista se faz necessário também para elas”, explica o Dr. Hermano Argolo, Urologista do Hospital Albert Sabin (HAS).

A ginecologia se dedica ao trato do aparelho reprodutor feminino e, durante décadas, foi visto pela sociedade como “médico especializado na mulher”. Por esse motivo, às vezes as mulheres não se dão conta de que doenças do aparelho urinário são da área médica dos urologistas.

Essa atitude pode causar diagnósticos tardios e interferir negativamente na análise e tratamento de algumas patologias. Não muito raro, por exemplo, muitas pacientes com “sangue na urina” são erroneamente tratadas como portadoras de infecções urinárias, enquanto o problema real pode ser eventualmente um câncer de bexiga ou cálculo do trato urinário, já que as duas doenças podem provocar esse mesmo sintoma.

“Ao procurar o urologista, além do exame físico inicial durante a consulta, pode ser necessário que a mulher se submeta, em casos selecionados por alguma queixa ou receio do médico em se tratar de algo mais grave, ao exame genital”, explica o urologista.

Os exames complementares dependem da suspeita clínica, mas geralmente abrangem tanto laboratório clínico, com exames de urina e de sangue, quanto de imagem, tipo USG e outros.

“As mulheres com cálculo urinário ou infecção urinária de repetição devem realizar check-ups regulares e visitar um urologista frequentemente. Dependendo da gravidade, a consulta pode ser anual, semestral ou até mesmo trimestral”, finaliza o Dr. Hermano.

 

Fonte: MCAtrês